quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Poema 13 - O sol da tarde lembra os campos na primavera


O sol da tarde lembra os campos na primavera,
quando os teus cabelos ondulavam
empurrados pelo vento
e todo o meu olhar poisava em ti.

Respiro no silêncio solar
e soletro na memória todas as vezes
que contei os teus dedos
no perfeito assombro dessa mão.

Em certas horas amamos outras montanhas,
e deixamos o corpo vogar pelos caminhos
que a surpresa abre na floresta.

Mas se o inverno chega sombrio,
escutamos o apelo da terra
e retornamos à casa que nos viu partir.