quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Pura abjecção



Confirma-se a abjecção. Uns tipos baços e transitórios mandatados para governar por quatro anos acharam-se no direito de decidir alegremente sobre os símbolos da comunidade nacional e julgaram por bem propor aos concertadores sociais a abolição dos feriados do 1.º de Dezembro e do 5 de Outubro. Mas o que é a concertação social para decidir sobre os símbolos da pátria (sim, um feriado nacional é um símbolo da pátria e da sua história)? O que é uma maioria parlamentar para fazer tais propostas? Nem vou discutir a triste ladainha da produtividade. O que me dói enquanto português é ser governado por gente desta, por gente que acha que a economia deve subjugar a cidadania, gente que tem mentalidade de escravo e cujo horizonte é transformar Portugal numa imensa casa de escravos.