quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Poema 20 - Os mitos


Essas histórias luminosas
Onde tudo é possível
Escondiam sob véu de seda
O horror nunca dito
De uma crueldade atroz

Amávamos os mitos
Não por serem antigos
Nem pela ficção iluminada
Mas porque ocultavam o pior
Que há em nós

Agora que os matámos
Na ânsia de tudo saber
Foi-se a luz e a seda
Ficou a verdade
Da nossa violência feroz