domingo, 19 de fevereiro de 2012

Poema 23 - O amor é um abraço mortal



O amor é um abraço mortal
A que as vítimas se entregam,
Pensando, no êxtase prometido,
Um caminho para o paraíso.

A morte vê feliz e fatal
Os corpos dementes que navegam
Em busca do segredo perdido,
Cegos  para o funesto sorriso.