quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Poema 43 - Quatro elementos: Água

Gustavo Torner - Átomos: Los Cuatro Elementos. Agua (1986)

43. Quatro elementos: Água

Mistério insondável dos barcos que partem,
das tuas mãos brancas e lêvedas,
dos dias de inverno trazidos do mar.
Um risco na areia da praia,
a onda que vem e tudo apaga,
o marulhar eterno ao sabor do vento.

Em ti não posso entrar duas vezes,
tocas-me e tornas-te outra
e corres desprendida da vida, 
esquecida do meu olhar. 
Sento-me e espero que voltes,
verde e azul sob um céu de gaivotas.