segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Palhaços e acrobatas

Christian Bérard - Clowns and Acrobat

O que torna fascinantes estas figuras - palhaços e acrobatas - não é a sua função crítica. Eles não são, nos dias que correm, figuras da crítica social, agentes que desconstroem as personagens sociais, a imagem pública do risível e do desequilibrado que existe em todos nós. O fascínio - e ao mesmo tempo a perda de aura que os atinge - está todo em eles serem um espelho fiel daquilo que somos. Num palhaço ou num acrobata não se vê aquilo que todos queremos esconder. O palhaço e o acrobata não são outra coisa senão o retrato realista do homem moderno, desse homem que reduziu a vida a um conjunto de ridículas acrobacias.