quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Metamorfoses 10 - Deslizo na memória do teu corpo

Franco Gentilini - Nudo disteso (1929)

10. Deslizo na memória do teu corpo

Deslizo na memória do teu corpo,
sigo veredas esquecidas,
o fulgor estelar do inverno.

Quando a noite nos abandona
e tudo cheira a madrugada,
pego nas palavras que te disse

e tomo o caminho da floresta.
A tempestade desce vestida de fogo
e ateia um incêndio de púrpura.