terça-feira, 1 de julho de 2014

Uma questão de elasticidade


Pertenço a uma geração que nasceu numa época quase pré-moderna, foi educada nos valores da modernidade, vive num mundo pós-moderno. Em 50 anos quase viveu mil. Não há elasticidade que chegue para tal estiramento. [averomundo, 25/07/2007]