quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Morte colectiva III

Vítimas do genocídio arménio

Quando se denuncia um massacre ou um genocídio matamos uma segunda vez as vítimas. Dissolver a identidade de cada uma na colectividade do massacre é reduzi-las a nada. Os assassinos ganham sempre. Ganham se houver silêncio, ganham se houver denúncia. (averomundo, 2007/07/09)