quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Impressões (vi) - a incúria a que tudo chegou

Ignacio Zuloaga y Zabaleta - Calle de una vieja ciudad castellana

vi. a incúria a que tudo chegou

a incúria a que tudo chegou

para quê recordar
folhas de seda
ou promessas de âmbar
que um dia fizeste

primeiro um deslizar de terras
depois o vento soprou
e no coração abriu-se
uma cratera
onde se apagaram
os lírios que plantaste

(8/10/2009 - recuperação do ciclo Impressões do meu antigo blogue averomundo)