quarta-feira, 16 de setembro de 2015

O Livro do Entardecer (10) a estirpe

Paul Cézanne - Tête de vieillard (1866)

10. a estirpe

de que é feita a tua estirpe
perguntavas-te
e a noite caía numa imagem
de seda desbotada pelos estios

um rumor de sangue
dois feitos numa guerra esquecida
o elmo com que enfrentas
as varejeiras vindas do sul
– tudo o que resta do passado

a linhagem acabou
sem grandeza nem necessidade
erva bravia semeada ao acaso
um cacto na planície calcinada

(averomundo, 2010/01/03)