quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Uma vontade má

Odilon Redon - Cactus Man (1881)

Neste mundo, e até fora dele, nada é possível pensar que não possa ser considerado como bom sem limitação a não ser uma só coisa: uma boa vontade. (Kant, FMC)

Não sei o que se passa fora deste mundo, nem mesmo neste, mas sei que Portugal parece um exercício de más vontades que são a pura emanação de uma vontade má.