segunda-feira, 21 de março de 2016

O Calvário e a Cruz

James Ensor - Calvary

Entrámos na semana que conduz ao Domingo de Páscoa. Com a crescente secularização das nossas sociedades, os acontecimentos que levam ao drama do Calvário tornaram-se um assunto privado. Foram reduzidos à pura crença religiosa. No entanto, deveríamos sempre perguntar por que razão, na nossa civilização e durante tanto tempo, tiveram um impacto geral na vida dos homens. Encontrar-se-ão explicações para todo o gosto. Há uma, todavia, que pode ajudar-nos a perceber esse impacto. Quem é aquele que faz o caminho do Calvário e é pendurado na cruz? Na verdade, de uma maneira ou de outra, James Ensor, o autor do quadro acima, explica-nos uma razão fundamental ao colocar sobre a cabeça do crucificado do meio o seu próprio nome. O Calvário e a Cruz são a imagem da nossa própria existência e dizem respeito a cada um. É por isso que tiveram o impacto que se conhece na nossa civilização.