terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Carnaval e Quaresma

Pieter Brueghel el Viejo - La riña entre el Carnaval y la Cuaresma (1559)

Brueghel o Velho pintou em 1559, retratando o espírito daquele tempo, uma luta entre o Carnaval e a Quaresma. Nos dias de hoje, a Quaresma perdeu o lugar central que possuiu em tempo na ordenação da vida social do Ocidente. Tornou-se uma reminiscência histórica e cultural que deixou de tocar nas consciências dos indivíduos. Não se pense, todavia, que essa guerra entre o espírito do Carnaval e o espírito da Quaresma foi ganha pelo primeiro. Não foi. Veja-se o Carnaval em Portugal. Por maior publicidade que se faça aos corsos entretanto instituídos, tradições abrasileiradas fabricadas anteontem para alívio de câmaras municipais, o Carnaval português é sempre tão melancólico e tão sombrio que parece que o país já se transferiu, apesar da aparente folia, para o espírito da Sexta-Feira de Paixão. Uma melancolia sem fim.