sábado, 15 de julho de 2017

A Flor Precária 11. A vida é um aquário de palavras

Autor desconhecido - Cleo de Merode, 1910

11. A vida é um aquário de palavras

A vida é um aquário de palavras.
Dentro dela, peixes, limos, pedaços
de mim a arder no fundo do teu corpo.

As palavras que te dei em Dezembro
trago-as nas águas deste aquário.
São tuas. E tuas, aquelas que invento
quando os sentidos se perdem em ti.

(A Flor Precária, 1979)