quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Impressões (XVI) - a casa era um navio

Edouard Manet - La Maison de Rueil (1882)

xvi. a casa era um navio

a casa era um navio
ondulando no mar
a vida crepitava
nas ondas da tarde
no fogo da lareira

ouviam-se suspiros
passos furtivos
e sob a sombra
a melancolia
de uma voz a cantar

(19/10/2009 - recuperação do ciclo Impressões do meu antigo blogue averomundo)