quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Metamorfoses 16 - Profunda, a noite com os seus mistérios

Claude Lorrain - Noite (1672)

16. Profunda, a noite com os seus mistérios

Profunda, a noite com os seus mistérios,
segredos envoltos na volúpia
com que a luz se apaga na Terra.

Um perfume de rosas anoitece no rio,
onde almas solitárias respondem
à sombria convocação das estrelas.

Um rumor de vento acorda a folhagem
e as minhas mãos dançam
na solidão nocturna do teu rosto.