sábado, 23 de janeiro de 2021

A Garrafa Vazia 41

Francisco Arjona, ¡Adelante con la duda!, 1985
Deslizo pelo tempo
em turbilhão
de óleo e terbentina.

Sou um rio inflamado
sem sonhos
sem quimeras.

Deixo o corpo exposto
na escarpa
escura do medo.

Dezembro de 2020

 

2 comentários: